Cloperastina, fendizoato

Ações terapêuticas.

Antitussígeno.

Indicações.

Terapia sintomática de todas as formas de tosse que podem aparecer durante as doenças das vias respiratórias (gripe, resfriado, bronquites, bronquiectasias, laringotraqueítes etc.).

Posologia.

Adultos. Xarope: 2 medidas de 7,5 ml ao deitar-se, 1 medida pela manhã e outra à tarde (total: 60 mg/dia). Gotas: 36 gotas ao deitar-se, 18 pela manhã e 18 à tarde (total: 58 mg/dia). Crianças. Xarope. Até 2 anos: 1 mg (0,5 ml) kg/dia, ou seja, 1 medida de 2,5 ml, 2-3 vezes ao dia (total: 10-15 mg/dia, equiv. 1 mg/kg/dia). De 2 a 6 anos: 2 medidas de 2,5 ml à noite, 1 pela manhã e 1 à tarde (total: 20 mg/dia, equiv. 1 mg/kg/dia). De 6 a 12 anos: 2 medidas de 5 ml à noite, 1 pela manhã e 1 à tarde (total: 40 mg/dia, equiv. 1,5 mg/kg/dia). Gotas. Até 2 anos: 6 gotas à noite, 3 pela manhã e 3 à tarde (total: 0,5 ml = 10 mg/dia). De 2 a 6 anos: 12 gotas à noite, 6 pela manhã e 6 à tarde (total: 1 ml = 20 mg/dia). De 6 a 12 anos: 24 gotas à noite, 12 pela manhã e 12 à tarde (total: 2 ml = 40 mg/dia); 25 gotas = 1 ml = 35,4 mg de fendizoato de cloperastina e 20 mg de cloridrato de cloperastina.

Reações adversas.

Secura da boca e leve sonolência.

Interações.

Pode aumentar o efeito sedativo dos depressores do SNC, como álcool, barbitúricos, hipnóticos, sedativos e tranquilizantes. Desaconselhável o uso concomitante de IMAO.

Contraindicações.

Hipersensibilidade à cloperastina.

Medicamentos que tem Cloperastina, fendizoato