CALCORT

SANOFI-AVENTIS

deflazacorte

Antiinflamatório.

Apresentações.

Caixas com 20 comprimidos de 6 mg e caixas com 10 comprimidos de 30 mg.

Indicações.

Glicocorticóide com propriedades antiinflamatórias e imunossupressoras, indicado no tratamento de doenças reumáticas, doenças do tecido conjuntivo, doenças dermatológicas, estados alérgicos, doenças respiratórias, doenças oculares, distúrbios hematológicos, doenças gastrintestinais, doenças neoplásicas, doenças neurológicas, doenças renais e doenças endócrinas.

Contraindicações.

Hipersensibilidade ao deflazacorte ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

Precauções.

O uso durante a gravidez ou lactação deve ser feito somente quando os benefícios superarem os riscos potenciais de seu uso. Pacientes com infecções ativas devem ser cuidadosamente controlados. Durante o tratamento com glicocorticóides, os pacientes não devem receber imunizações, especialmente em altas doses. A supressão da função hipotálamo-hipófise-adrenal é dependente da dose e da duração do tratamento, e uma relativa insuficiência pode persistir por alguns meses após a suspensão do tratamento, sendo necessária a eventual reinstituição do tratamento, em situações estressantes. Após tratamentos prolongados, a retirada dos glicocorticóides deve ser lenta e gradual, para evitar síndrome de retirada. O uso de glicocorticóides requer cuidados especiais em pacientes com cardiopatias ou I.C.C., esofagites, gastrites, úlcera péptica, colites, diabetes mellitus, osteoporose, miastenia gravis, insuficiência renal, tendências psicóticas, epilepsia, hipotireoidismo, cirrose, herpes simplex ocular, e pacientes pediátricos.

Interações medicamentosas.

Os glicocorticóides podem induzir diminuição dos níveis de salicilato, aumento do risco de hipocalemia com o uso concomitante com diuréticos ou digitálicos, anticolinesterásicos e com substâncias que alteram o metabolismo dos glicocorticóides (rifampicina, barbituratos e difenil-hidantoína). A eritromicina e os estrógenos podem aumentar os efeitos dos glicocorticóides. Os glicocorticóides podem alterar os efeitos dos anticoagulantes cumarínicos.

Posologia e modo de usar.

A dose necessária é variável e deve ser individualizada de acordo com a doença a ser tratada e a resposta do paciente. Em adultos, a dose inicial varia de 6 a 90 mg/dia, e, em crianças, de 0,22 a 1,65 mg/kg/dia ou em dias alternados.

Reações adversas.

Aumento da suscetibilidade às infecções, efeitos gastrintestinais, alterações do equilíbrio hidroeletrolítico, balanço negativo do nitrogênio, fraqueza músculo-esquelética, afinamento da pele e atraso no processo de cicatrização, alterações neuropsiquiátricas, reações oftálmicas, supressão da função hipotalâmica-hipófise-adrenal, alterações corporais (Síndrome de Cushing), hirsutismo, amenorréia, diabetes mellitus e diminuição do crescimento em crianças.

Dizeres legais.


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
A PERSISTIR OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Reg. MS.: 1.1300.0201.

Princípios Ativos de Calcort

Laboratório que produce Calcort