AVADEN®

BAYER

gestodeno + estradiol

Terapêutica da menopausa.

USO ADULTO.

Apresentações.

Cartucho com 1 envelope contendo blíster de 28 comprimidos revestidos.

Composição.

Estradiol. Gestodeno.

Indicações.

Terapia de reposição hormonal (TRH) para o tratamento de sinais e sintomas da deficiência estrogênica devidos à menopausa e para prevenção da osteoporose na pós-menopausa.

Contraindicações.

Gravidez e lactação; sangramento vaginal irregular não diagnosticado; diagnóstico ou suspeita de condições pré-malignas ou malignidades dependentes de hormônios sexuais, inclusive câncer de mama; presença ou história de tumor hepático; distúrbios graves da função hepática; tromboembolismo arterial agudo; diagnóstico ou história de trombose venosa profunda ou distúrbios tromboembólicos; hipertrigliceridemia grave; hipersensibilidade conhecida a componentes do produto; gravidez ou lactação.

Precauções.

A relação risco-benefício do uso de AVADEN® deve ser feita individualmente caso alguma das seguintes condições estiver presente: risco de tromboembolismo em geral; patologia maligna ou benigna da mama; sangramento uterino anormal; neoplasia endometrial, neoplasia hepático; doença da vesícula biliar; enxaqueca ou cefaléias; hipertensão; distúrbios da função hepática; hiperbilirrubinemia; icterícia; dislipidemia; intolerância à glicose ou diabetes mellitus; miomas uterinos; endometriose; prolactinoma; cloasma; epilepsia; porfiria; otosclerose; lupus eritematoso sistêmico; coréia menor.

Interações medicamentosas.

Fármacos indutores de enzimas hepáticas (hidantoínas, barbitúricos, primidona, carbamazepina e rifampicina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato e griseofulvina); certos antibióticos (penicilinas e tetraciclinas); substâncias que apresentam conjugação intensa (paracetamol); as necessidades de hipoglicemiantes orais ou insulina podem ser alteradas; ingestão aguda de álcool.

Posologia e modo de usar.

Se a paciente ainda estiver menstruando, o tratamento deve ser iniciado no primeiro dia da menstruação. Pacientes que apresentam períodos menstruais muito pouco freqüentes ou que estão na pós-menopausa podem iniciar o tratamento com AVADEN® a qualquer momento, excluída a possibilidade de uma gravidez. Ingerir um comprimido bege diariamente, nos primeiros 16 dias, seguido da ingestão diária de um comprimido azul durante os 12 dias seguintes. O tratamento é contínuo por 28 dias.

Reações adversas.

Mudanças no padrão de sangramento vaginal, dismenorréia, alterações na secreção vaginal, síndrome semelhante à pré-menstrual, dor ou aumento do tamanho ou da sensibilidade das mamas, dispepsia, distensão abdominal, flatulência, náusea, vômito, dor abdominal, erupção cutânea e outros distúrbios da pele, cefaléia, enxaqueca, tontura, sintomas de ansiedade / depressivos, fadiga, palpitações, hipertensão, edema, cãibra muscular, dores nas pernas, alterações no peso corporal, aumento do apetite, alterações da libido, distúrbios visuais, intolerância a lentes de contato, reações de hipersensibilidade. Alterações laboratoriais nos parâmetros hepáticos e da tiróide, funções adrenal e renal, níveis plasmáticos de proteínas de ligação, globulinas de ligação aos corticosteróides e as frações lipídicas/lipoprotéicas, parâmetros do metabolismo de carboidratos e parâmetros da coagulação e da fibrinólise.

Dizeres legais.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. M.S.: 1.0020.0111.

Princípios Ativos de Avaden

Patologias de Avaden

Laboratório que produce Avaden