ZANIDIP®

MEDLEY

lercanidipino

Anti-hipertensivo.

Apresentações.

Comprimidos revestidos para uso oral de 10 mg: caixa com 20 ou 30. Comprimidos revestidos para uso oral de 20 mg: caixa com 20.

Composição.

ZANIDIP® (cloridrato de lercanidipino) 10 mg: cada comprimido contém 10 mg de cloridrato de lercanidipino (equivalente a 9,4 mg de lercanidipino) e excipientes q.s.p. para 1 comprimido. Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, talco, dióxido de titânio, macrogol e óxido de ferro amarelo. ZANIDIP® (cloridrato de lercanidipino) 20 mg: cada comprimido contém 20 mg de cloridrato de lercanidipino (equivalente a 18,8 mg de lercanidipino) e excipientes q.s.p. para 1 comprimido. Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, talco, dióxido de titânio, macrogol e óxido de ferro vermelho.

Indicações.

tratamento da hipertensão essencial leve a moderada.

Contraindicações.

gravidez e lactação, grave insuficiência renal ou hepática, obstrução das vias de saída do ventrículo esquerdo, angina pectoris instável, insuficiência cardíaca congestiva não tratada ou até um mês após a ocorrência de infarto do miocárdio, hipersensibilidade a substância ativa, a qualquer diidropiridina ou a qualquer componente da formulação.

Advertências e precauções.

doenças cardíacas (disfunção cardíaca descontrolada, obstrução do fluxo sanguíneo, angina instável) e intolerância à lactose. Não deve ser administrado durante gravidez e lactação. Mulheres em idade fértil devem utilizar algum método contraceptivo efetivo. Cuidado ao dirigir ou utilizar máquinas. Algumas diidropiridinas podem causar dor precordial e angina.

Interações medicamentosas.

metoprolol, ciclosporina, suco toranja (grapefruit) digoxina, cimetidina (doses superiores a 800 mg/dia), inibidores e indutores de CYP3A4 (cetoconazol, itraconazol, eritromicina, troleandomicina, anticonvulsivantes), outros substratos de CYP3A4 (terfenadina, astemizol, amiodarona e quinidina), álcool.

Posologia e modo de usar.

10 mg por via oral, uma vez ao dia, pelo menos 15 minutos antes das refeições, podendo ser aumentada para 20 mg, dependendo da resposta individual do paciente. Não há necessidade de ajuste de doses em idosos e não se recomenda a administração em pacientes menores de 18 anos. USO ADULTO.

Reações adversas.

rubor, edema periférico, taquicardia, cefaleia, tontura e astenia. Em menor frequência, fadiga, náuseas, vômitos, diarreia, erupções cutâneas, sonolência e mialgia.

Dizeres legais.

Registro no MS: 1.0181.0454.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Princípios Ativos de Zanidip

Patologias de Zanidip

Laboratório que produce Zanidip